sexta-feira, 2 de março de 2012

Brasileiro desaparecido no Villarica

O turista brasileiro Felipe Santos ainda está desaparecido na região do Vulcão Villarrica, em Pucón, Chile. Segundo informações do jornal chileno El Mercurio ele sumiu ontem depois de um acidente que matou o mexicano Rodolfo Sarovich, de 21 anos.

Segundo a notícia, ambos estavam na montanha quando o tempo virou bruscamente, ocasionando uma série de acidentes. Um terceiro excursionista, o chileno Guillermo Elías, sofreu graves fraturas e já estaria em um hospital da região. Um suíço teve lesões leves na perna.

O corpo do mexicano ainda permanecia na montanha na manha desta sexta-feira, segunda a nota.

A subida do Villarrica, de 2.843 metros de altitude, é muito fácil, ideal para montanhistas iniciantes. O país exige guia especializado para acompanhar os turistas que desejam escalar a montanha, que se localiza no sul do Chile, dentro da área de um parque nacional.

Mais uma prova de que em montanha não importa altitude, todo cuidado é pouco.

Fonte: http://webventureuol.uol.com.br/montanhismo/n/turista-brasileiro-esta-desaparecido-na-regiao-do-vulcao-villarica/31100

2 comentários:

Jopz_B1B disse...

Puxa, subi com minha esposa durante nossa viagem de lua de mel em 2006, era aniversário dela e carregamos até garrafa de champagne montanha acima... pegamos um dia de sol, céu azul e pouco vento, ou seja, foi bem susse, mas como vc bem disse... há dias e dias em cada montanha.... torço para que seja encontrato e que esteja bem.

JOPZ

Hernani disse...

as informações são muito poucas. Vamos aguardar e torcer para que ele seja encontrado com vida. Mas não acho que foi mero acidente não. Fiz o Villarica ano passado e os guias, acreditando na facilidade da montanha, deixavam a coisa muito displicente. Não mantinham cordadas e o trecho final mais complicado, orientavam na descida a tirar os grampons e também entre os trechos de descida pelo escorregador. Esse acidente exige que repensem o modelo de segurança, porque não dá para confiar que escaladores sem experiência tenham destreza para frear uma queda, mesmo em inclinações brandas