segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

7º dia da viagem - Vulcao Lanin.

Ola pessoal!

Parece que os desejos de boa sorte estao me ajudando.
Mesmo contra alguns fatores negativos, consegui realizar meu sonho de escalar o vulcao Lanin, que fica a 67km de Junin de Los Andes, patagonia Argentina.

Explico melhor...

Resolvi escalar o vulcao sozinho mesmo antes de viajar. Mas quando estava alugando crampons acabei conhecendo um espanhol muito figura, o Krhistian "Pau" (e o apelido dele!), e combinamos a parceria pra escalada.

Ontem pegamos um onibus e descemos na portaria do parque para pedir o permisso. Tudo certo, comecamos a subir as 13h.

Tem gente que diz que e facil, nao e! No primeiro dia, o desnivel e de 1160 metros, em uma moraina vulcanica maldita, dois passos pra frente, um pra tras. Isso com uma temperatura "agradavel" de 34 graus celcius e 20kg na mochila entre roupas e equipos. Pxxx xxxxx!

Nao para por ai, o parque e infestado de mutucas gigantes! Levei umas 50 picadas mas matei quase vinte. Elas seguem voce ate no glaciar, incrivel!

Quando estavamos a 2000 metros, tive um ataque repetitivo de caimbras malditas, gritava de dor, mas nao desisti. Sabia que era porque nao tinha comido nada, esforco fisico puxado demais depois de 2 meses sem nenhuma atividade em montanha...Nao me dei por vencido, me arrastei literalmente ate o final da empreitada do dia, o Refugio 1 a 2315 metros.

O Pau chegou primeiro, ele e mais apressado e eu queria desfrutar da montanha ao maximo, ou seja, mesmo estando juntos, eu estava preparado pra fazer a escalada em solo mesmo.

Comi feito um desesperado, muitos energeticos, mel, chocolate, macarrao, 3 sopas e umas 6 salsichas, parei quando nao dava mais. Era uma tentativa desesperada de me recuperar pra escalada que se iniciaria depois de poucas horas e seria pior, 1450 metros de desnivel ate o cume!

Os militares do abrigo ficaram me zoando o tempo todo, duvidaram que eu sequer tentaria o cume depois de um dia tao desgracado...OK, fui dormir as 20:30h e isso so me deu mais forca.

Levantei a uma e meia da madruga, Pau tambem, saimos juntos as 02:20h, escuridao total, ceu mais estrelado nao havia. Frio ridiculo de 2 graus. Em cinco minutos ele se distanciou ate que eu so podia ver sua lanterna muitos metros a frente, nao me abati e continuei sozinho. Todos os outros que tentariam o cume neste dia sairiam mais tarde, la pelas 3 da manha.

Sai da rota normal fazendo uma travessia para a direita, depois de ganhar bastante altitude ja, olhei o GPS e marcava 2920 metros. Era 4 da manha e ja havia subido 600 metros,muito bom! A perna estava perfeita.

Depois que vi a altitude, avancei mais um pouco e reencontrei o Pau parado me esperando com duvida do caminho. Fui pegar o GPS de novo e cade? Caiu e nem vi...Dane-se, nao abortaria meu sonho por causa de um gps, fui embora.

Continuamos juntos por mais uns 100 metros ate que, voltando para a esquerda, chegamos na canaleta. E um glaciar que vence cerca de 500 metros de desnivel, com inclinacao que varia de 30 a 50 graus! Foi literalmente um tesao escalar a canaleta.

Como no inicio, o Pau sempre ia muito a frente, enquanto eu parava diversas vezes pra fotografar ou filmar. Deste momento em diante, so nos reencontramos no cume, fui totalmente solo.

6h e 40 minutos depois cheguei no cume. Fomos os primeiros do dia. Que cume lindo! Grande, gelado, e a visao: Sem palavras...È possìvel ver o Villarica bem proximo, o Quetrupillan a frente, o Osorno, o Pontiagudo, o Cerro Santa Julia, o Tronador, o Llaima tbm. E mais uns 5 que nem conheco!!!

Ficamos no cume uns 40 minutos e depois das fotos e de avisarmos por radio ao refugio que estavamos no cume bem, comecamos a descer.

Na descida cruzamos com um grupo de 5 amigos se arrastando pra subir. Descemos a pendente inclinada repleta de formacoes lindas esculpidas pelo gelo. Fomos embora, descemos com muito cuidado a canaleta e dai pra frente, esqui bunda.

Acho que descemos no total uns 1500 metros de desnivel so de esqui bunda!!!

So paramos no refugio pra levantar acampamento e arrumar as mochilas, continuamos descendo e juntando esqui bunda e surf nas morainas, chegamos super rapido na portaria apos descer 2600 metros de desnivel em apenas 3,5 horas.

E isso ai, estou muito feliz, realizado, com dezenas de picadas de moscas andinas gigantes, com uma bolha no pe direito de uns 4 cms, mas nem ligo. Realizei um sonho!

OBS: O Pau me propos que se ele encontrasse meu gps no caminho de volta, eu lhe pagasse a janta hoje. Ele tem muita sorte pra encontrar coisas perdidas e me contou casos incriveis. Acreditem, ele encontrou o gps!!! Daqui ha pouco vou pagar uma hamburguesa gigante pra ele kkkk

Pra mim foi uma otima comemoracao de 3 anos na montanha, o Lanin finalmente!

Fotos!


O espanhol figuraca bem distante, eu atacando por um lado, ele por outro. Sol nascendo!



Bem no centro da foto o abrigo 2 a 2600 metros. Desci isso tudo de esqui bunda!




A sombra do Lanin durante a escalada pro cume, ao lado do Villarica e Quetrupillan



Uma ideia da distancia que mantivemos. Pau bem a frente (no bom sentido).



Eu avisando o refugio pelo radio que chegamos no cume.



Eu no cume, a gravata nao e piada nao, e uma forma de protesto. Trabalhe menos, viva mais! Significa: Tome cuidado para nao levar trabalho para junto de seu lazer.



Meu reflexo e do cume do Lanin no oculos do figura.



O abrigo um e minha barraca.

9 comentários:

Bea disse...

poxa meu garoto, que lindas fotos, hein?

Degas disse...

Não teve zoom na mutuca??

crpaiva disse...

Parabéns! Hoje você é um reflexo de todos nós montanhistas. Estarei seguindo seus passos. Muito Boa Sorte e Bons Ventos.

Parofes disse...

Alexandre: Elas nao param, sao infernais! rsrsrs
Eu e o Christian subiamos falando palavroes a torta de tao insistentes que elas sao!!!
Abracos!

Parofes disse...

Bea, na verdade nem sei se estao boas, nao ha monitor decente aqui pra verificar rsrsrs

Parofes disse...

Paiva fico feliz pelo elogio, sinceramente!
Grande abraco!

.Thiago. disse...

Que foto linda! Qual sua barraca Parofes?

alcides.battistin disse...

Legal Parofes. Que bela paisagem desde o cume, com a sombra da montanha e os outros vulcoes,,,,, parabens ! :-)

Parofes disse...

Thiago, e uma Atlas 2 da Doite, excelente barraca! Abracos!